VT Dicas: Preparação para as dinâmicas de grupo

De todas as etapas dos processos seletivos para os Programas de Trainee, a Dinâmica de Grupo sem sombra de dúvidas é uma das mais "temidas" pelos candidatos e também a que inspira os mais acalorados debates e polêmicas. Por isso mesmo decidi dividir o texto em três partes, mais ou menos como um "antes, durante e depois" das dinâmicas. A minha maior intenção aqui é falar um pouco sobre como essa etapa funciona e o que é avaliado. Também darei algumas dicas pelo caminho (mas sem fórmulas, ok?). Preparando-se para as dinâmicas (Clique no título para ler na íntegra).

De todas as etapas dos processos seletivos para os Programas de Trainee, a Dinâmica de Grupo sem sombra de dúvidas é uma das mais “temidas” pelos candidatos e também a que inspira os mais acalorados debates e polêmicas. Por isso mesmo decidi dividir o texto em três partes, mais ou menos como um “antes, durante e depois” das dinâmicas. A minha maior intenção aqui é falar um pouco sobre como essa etapa funciona e o que é avaliado. Também darei algumas dicas pelo caminho (mas sem fórmulas, ok?).

Preparando-se para as dinâmicas

1.Não encare como mais uma dinâmica”. Se você não quer ser visto apenas como “mais um candidato”, também não deve assumir uma postura de quem está indo a “mais uma dinâmica”, dentre tantas outras que já aconteceram e que estão por vir. Em vez disso, imagine que está conhecendo melhor a futura empresa onde construirá a sua carreira… Muito mais empolgante assim, não é mesmo? Mantenha essa atitude e você entrará na dinâmica com o “pé direito”, com muito mais energia.

2. Conheça a empresa. Imagine que você vai fazer a viagem dos seus sonhos. Por certo irá pesquisar na Internet tudo sobre o local: pontos turísticos, culinária, clima, costumes etc, correto? Com a empresa em que você sonha trabalhar é a mesma coisa. Não deixe de pesquisar sobre a sua história, missão, valores e segmento de negócio. Além de ser muito útil para que você possa estar mais preparado e trazer mais conteúdo durante as atividades, também ajuda um bocado a alimentar o entusiasmo pela empresa e garantir aquele brilho nos olhos de que você tanto ouve falar.

3. Seja pontual. Procure antever possíveis imprevistos (chuva torrencial, engarrafamentos, carro quebrado) e se planeje de forma a chegar pontualmente apesar deles. O ideal mesmo é chegar com uma antecedência de 10 a 20 minutos. Pode ser que o ônibus demore, que você não encontre estacionamento ou ainda que você fique “preso” na fila de liberação de crachá. Leve em conta tudo isso e um pouco mais. Também é importante chegar antes para que você tenha um tempo para relaxar e se entrosar com os outros candidatos. Afinal, chegar em cima da hora com o coração palpitante de tanta emoção e correria para conseguir chegar a tempo só aumenta ainda mais o nervosismo. Um último lembrete: leve sempre com você o endereço e mapa de como chegar ao local da dinâmica e telefones de contato para avisar à Consultoria em caso de atraso.

4. Vista-se de maneira adequada. Por algum motivo que desconheço, “o que vestir” parece ser a maior preocupação dos candidatos ao se prepararem para uma dinâmica. É preciso ter em mente que o nível de formalidade exigido depende não apenas da empresa como também da região onde a etapa presencial será realizada. A mesma empresa que permite o uso de jeans e camisa social no Nordeste pode exigir o uso de terno e gravata em São Paulo. Independentemente do tipo de traje, é importante ter cuidado com a aparência (barba, cabelos, unhas etc) e ser discreto no uso de acessórios, maquiagem e com as cores e “ousadia” da roupas.

Recomendo os seguintes testes (especialmente para as meninas): Ao terminar de se vestir, levante um pouco os braços. Apareceu a barriga? Melhor trocar a camisa. Depois, abaixe-se como quem está apanhando alguma coisa que deixou cair no chão. Deu para ver um relance da peça íntima? Melhor então mudar a calça ou compensar com uma camisa mais comprida.

Para mais detalhes, esse texto traz dicas interessantes sobre o vestuário das etapas presenciais.

Próximo post: Continuação das dicas sobre dinâmicas de grupo

Comente!