27 de Mar de 2012 3 min de leitura

VT Dicas: Como melhorar o inglês – Parte I

VT Dicas: Como melhorar o inglês – Parte I

Não é novidade: para ser trainee, tem que saber inglês.

Aliás, sejamos realistas. O inglês já é requisito básico para diversos cargos, ainda mais com a proximidade da Copa e das Olimpíadas no Brasil. E não adianta querer se candidatar só com o básico, porque os testes e entrevistas no idioma do Tio Sam são cada vez mais comuns.

Foi pensando nisso que decidi começar uma nova série de posts aqui no VT, para dar uma força a quem está precisando daquele empurrãozinho para desenvolver os conhecimentos na língua inglesa.

Esse primeiro post da série vai ser bem light (para encorajar os estudos), repleto de dicas super rápidas e práticas para manter o idioma afiado. Por conta disso, ele é destinado a quem já tem um inglês intermediário, OK?

Para quem não tem tempo

Ler tirinhas em inglês é um jeito prático e divertido de se adquirir vocabulário. Nessa tira, por exemplo, é fácil descobrir como se diz “areia movediça” em inglês.

1. Tirinhas em inglês. São rápidas, divertidas e uma forma fantástica de se adquirir vocabulário. Como os textos são associados a imagens, muitas vezes é possível apreender o significado de novas palavras sem precisar recorrer ao dicionário. Particularmente, eu amo Calvin & Haroldo (Calvin & Hobbes), mas, em sites como o Go Comics, há dezenas de opções de tiras para vocês escolherem. Além disso, quem quiser também pode se cadastrar para receber diariamente a atualização de sua comic strip favorita por e-mail. Fácil, não?

2. Blogs estrangeiros. E, falando em “textos associados a imagens”, há um blog de que gosto muito, chamado 1000 Awesome Things. Nele, o autor posta todo dia uma dessas pequenas alegrias do cotidiano que fazem o nosso dia ficar melhor, do tipo “encontrar dinheiro no bolso”. O blog é bem direto: o próprio título do post já traz a “alegria” do dia e há sempre uma foto para ilustrar. Um jeito simples e inspirador de se praticar o idioma. E quem não gosta de ler no computador pode comprar o livro. Por sinal, há também uma grande variedade de tirinhas em inglês nas livrarias. 

3. Internet em inglês. Habitue-se a utilizar e-mail e redes sociais (Facebook, Twitter, Orkut) em inglês, para que você sempre tenha contato com a língua. Se possível, configure também o pacote Office dessa maneira, pois assim estará ainda mais próximo da realidade das empresas, com suas spreadsheets (planilhas) e forms (formulários). Caso se atrapalhe, não entre em pânico: basta voltar para a configuração original que em segundos você tira a sua dúvida.

4. Jogos online. Quando estiver entediado, em vez de jogos de “fazendinha” ou “pássaros irritados”, que tal um bom jogo de palavras? Na época em que eu estudava inglês, costumava jogar o Bookworm, que segue uma dinâmica parecida com a do Boggle, mas na internet há uma infinidade de opções. Excelente para desenvolver vocabulário.

5. Blogs de profissionais de inglês. Tire 5 ou 10 minutinhos de seu dia para conferir o novo post de um dos excelentes blogs de professores, tradutores e intérpretes brasileiros que se dedicam a esclarecer dúvidas de quem está aprendendo o idioma . Esses sites são ideais para fazer pesquisas do tipo “como se diz… em inglês” e para entender o uso de expressões idiomáticas. Aí é só acompanhar o feed ou se cadastrar para receber as atualizações por e-mail. Recomendo o Tecla SAP, o Inglês na Ponta da Língua e o English Experts.

E aí? Gostaram das dicas? O próximo post trará dicas para quem ainda está aprendendo inglês. Até lá!

*****

Curtiu? Que tal então curtir também a página do VT no Facebook?

O VT também está no twitter: @vidadetrainee

Cíntia Reinaux
Cíntia Reinaux
Pernambucana desenrolada, canhota, curiosa, blogueira raiz, youtuber nutella e podcaster café-com-leite. Mais conhecida como "Cíntia do Vida de Trainee".

Participe da conversa

Show! Você se inscreveu com sucesso.
Bem-vindo(a) de volta! Login realizado com sucesso.
Você agora faz parte da comunidade do Vida de Trainee.
Seu link expirou.
Sucesso! Agora é só clicar no link que chegou no seu e-mail.
Sucesso! Suas informações de pagamento foram atualizadas.
Sua configuração de pagamento não foi atualizada.