6 de Set de 2015 2 min de leitura

Trainee Vetor Brasil 2016 » Inscreva-se até 07/09/2015

Lista de Tópicos

Pré-requisitos

Cursos
Todos os cursos

Período de Conclusão
Jul/2012 a Dez/2015

Perfil e Competências
Jovem altamente qualificado, comprometido com a mudança do país e com fortes habilidades analíticas e interpessoais.

Processo Seletivo

Etapas
– Processo seletivo: Julho a Novembro/2015
– Divulgação dos Aprovados: Novembro/2015
– Data para colocar a mão na massa:
– 4 a 8/01/2016 – Treinamento presencial
– 11/01/2016 – Início do trabalho na secretaria

Estrutura do Programa

Início
Janeiro/2016

Ações de desenvolvimento
Nossos trainees estão dispostos a morar e trabalhar de 1 a 2 anos em uma cidade brasileira parceira do Vetor Brasil e trabalhar em um projeto desafiador no setor público. Neste período, eles se envolvem com a comunidade local, conhecem mais sobre o Brasil de verdade, deixam um impacto positivo para a sociedade e passam a fazer parte da rede de transformadores do país.

Na prática, o trainee vai desenvolver análises quantitativas e qualitativas para apoiar o proceso decisório da alta gestão do órgão público. O trainee também poderá se envolver na implementação de projetos e conhecer na ponta, como as coisas saem do papel e se tornam realidade.

Durante o ano, ele ainda terá acesso a treinamentos técnicos e gerenciais e a um mentor que irá acompanhar o seu desenvolvimento profissional e ajudar a aumentar o impacto do projeto.

Sobre a empresa

Em 2009, um grupo de estudantes da Unicamp, USP e FGV se reuniram para discutir como gerar impacto no país e, ao mesmo tempo, se prepararem para futuros desafios. Desta discussão, que contou com opiniões de grandes políticos e gestores à época, nasceu o Vetor Brasil. O objetivo era o de estruturar planos de desenvolvimento para pequenos municípios, em que esses próprios jovens – conectando estudo e percepção local – eram os responsáveis pelo trabalho. A primeira cidade a receber nosso projeto foi Araguaçu (TO), e a proposta de trazer pessoas de background diferentes para auxiliar e aprender com municípios na ponta parecia promissora. Estava consolidado o que seria posteriormente chamado de Vetor 1.0.

Alguns anos depois, lançamos o Vetor 2.0. Nesta etapa, direcionamos o foco para a área de educação, atendendo mais municípios e envolvendo uma maior quantidade de jovens. A experiência da elaboração de planos de desenvolvimento era rica tanto para os analistas quanto para as cidades, mas havia um vácuo que, ao mesmo tempo, era uma oportunidade: a garantia de que de fato as ações seriam implementadas. Foi então que decidimos estruturar o Vetor 3.0, que se propõe a selecionar jovens talentos e alocá-los em secretarias pré-selecionadas, para que haja de fato uma experiência única para todos os envolvidos – tanto em implementação de políticas públicas na ponta, quanto em experiências profissional e pessoal.

De 2009 pra cá, o Vetor contou com a participação direta e indireta de quase cem pessoas, de forma voluntária e idealista. Queremos agora dar sequência a este sonho com este ambicioso passo, o qual pode se tornar uma referência para desenvolvimento de jovem lideranças e gestão pública.

Participe da conversa

Show! Você se inscreveu com sucesso.
Bem-vindo(a) de volta! Login realizado com sucesso.
Você agora faz parte da comunidade do Vida de Trainee.
Seu link expirou.
Sucesso! Agora é só clicar no link que chegou no seu e-mail.
Sucesso! Suas informações de pagamento foram atualizadas.
Sua configuração de pagamento não foi atualizada.