O Poder da Empatia

Muita gente confunde empatia com simpatia. Saiba nesta animação de 2 min qual é a diferença e como a empatia influencia suas conexões pessoais e profissionais.

animacao-brene-brown-poder-empatia

Muita gente confunde empatia com simpatia. Esta animação de apenas 2 minutos explica a diferença de uma forma simples e bela (selecione a legenda em Português nas opções do vídeo).

O Poder da Empatia

 

Estamos todos em busca de conexão

Mas você pode estar se perguntando: “E no que isso irá mudar a minha vida?”

A empatia é um dos principais meios de nos conectarmos com o outro e, como Brené Brown explica, a conexão (e a habilidade de se sentir conectado) é o porquê de estarmos aqui, o que dá sentido às nossas vidas.

Pode até parecer “papo de autoajuda”, mas a sua conexão com os outros é o que determina o seu estilo de liderança, como você lida com conflitos, o modo como cria seus filhos e, principalmente, a sua coragem de se colocar em uma posição frágil.

Nas palavras de Brené:

A empatia é uma escolha vulnerável: para me conectar com você, eu preciso me conectar com algo dentro de mim que reconhece esse sentimento.

O grande desafio, no entanto, é que desde cedo fomos acostumados a esconder a nossa vulnerabilidade. É aí então que, na palestra “Escutando a Vergonha”, esta cientista ressignifica o próprio conceito do que é ser vulnerável:

“A vulnerabilidade é o local de nascimento da inovação, criatividade e mudança, pois criar é fazer algo que nunca existiu antes. E não existe nada mais vulnerável que isso.”

No fechamento, ela nos convida a nos colocarmos na arena (com vulnerabilidade e tudo) e a ousarmos grandemente, em referência a uma famosa citação de Theodore Roosevelt (O Homem na Arena). Uau! Os meus braços ficam arrepiados só de mencionar esse vídeo e o texto.

 

Quem é Brené Brown?

A minha ideia inicial ao escrever esse texto era apenas a de divulgar o vídeo que dá nome ao artigo. Mas a Brené Brown é uma contadora de histórias tão envolvente que eu fiz questão de falar um pouco mais sobre o seu trabalho.

Eu não poderia me despedir, portanto, sem antes apresentar mais uma brilhante e divertida apresentação da texana.

 

O Poder da Vulnerabilidade

 

Até a próxima e uma semana corajosamente vulnerável para todos.

Comente!