Novidade!

Receba vagas no seu perfil por e-mail

VT Dicas: Painel de Negócios

08.11.2010 | em Carreira

Com o início do mês de novembro, muitos processos já ficaram pra trás e nesse momento as nossas esperanças começam a fraquejar. Mas então eis que surge no horizonte a fase final de muitos dos Programas de Trainee, o Painel de Negócios (também conhecido como Assessment Center).

A estrutura de um painel é bem semelhante à encontrada nas dinâmicas, com quebra-gelo (cada vez mais raro), apresentação pessoal, case e fechamento. Como já fiz no blog uma série de posts sobre as dinâmicas, o objetivo desse post será o de mostrar algumas das diferenças entre as duas etapas. Então… Vamos a elas!

1. Presença de gestores. Essa é talvez a maior diferença entre uma dinâmica de grupo e um painel. Enquanto nas dinâmicas normalmente encontramos apenas uma consultora e um representante do RH da empresa, as fases de painel invariavelmente contam com a presença de coordenadores, gerentes e até mesmo diretores das empresas. Embora algumas dinâmicas hoje já contem com a participação de gestores, isso é algo definitivamente mais comum na fase de painel.

E o que isso muda? Bom, na minha opinião, a avaliação fica ainda mais assertiva, pois, em geral, as pessoas presentes provavelmente serão seus gestores no caso de aprovação no processo, e não há ninguém melhor que eles para saber o perfil de que precisam, não é mesmo? Por outro lado, a responsabilidade é ainda maior: se você traz uma ideia estrategicamente inviável em uma dinâmica, pode até ser que a consultora e o RH “deixem passar”, mas experimenta falar essa mesma besteira perto de um expert da área e ele já não irá ficar muito satisfeito.

2. Apresentação pessoal sob encomenda. Já falei dessa situação no post sobre preparação para dinâmicas, mas, como é quase certo que algo nesse sentido será pedido no painel, vale relembrar. É bastante comum nessa etapa a solicitação de algum tipo de atividade especial que você deve preparar em casa para a sua apresentação no dia do painel. Em alguns casos, recursos como som e data show serão disponibilizados, em outros, tudo dependerá de sua criatividade. Poderá ser desde uma tarefa, como por exemplo trazer um case de sucesso de algum tema como sustentabilidade, a até mesmo desenvolver uma marca que lhe represente e o porquê.

E o que isso muda? Nem preciso dizer que você não pode em hipótese alguma chegar lá “de mãos vazias”, sem nada preparado. Um outro ponto é que você deve realmente se esforçar para fazer algo bem feito, ainda que em um prazo curtíssimo (2 ou 3 dias). Você pode até ter outras preocupações como trabalho, faculdade e outros, mas não se esqueça do que estar na reta final de um processo representa para você. Esse deve ser um assunto tratado como prioridade.

3. Foco em uma única área. Pelo próprio fato de essa etapa trazer gestores, muitas vezes cada painel é específico para uma área da empresa, com os próprios gestores desse departamento presentes. Afinal de contas, nesse momento o processo já está em uma fase bem avançada e os candidatos já começam a ser direcionados para a sua opção de atuação (mesmo em Programas com job rotation, o mais comum é já se ter uma “área final” pré-definida).

E o que isso muda? De cara, é quase impossível “escolher” a data, como ocorre na fase anterior, em que geralmente são dadas algumas opções. Por depender da agenda dos gestores e estar relacionado a uma área específica, no painel praticamente não há flexibilidade. Desse modo, se você está em outra cidade, prepare-se para viajar de “última hora”, pois nessa fase tudo tende a correr um pouco mais rápido do que no resto do processo.

Um outro dado importante é que os gestores esperam encontrar pessoas realmente entusiasmadas com a possibilidade de trabalhar naquela empresa/área. Portanto, deixe transbordar toda a sua energia e brilho nos olhos, bem como esteja pronto para responder perguntas como “Por que você escolheu a área X?” ou outras questões similares. Além disso, ao contrário das dinâmicas, em que os demais candidatos não são seus concorrentes diretos, no painel todos ali presentes possuem interesse na mesma vaga/área que você, o que aumenta ainda mais a percepção de competição.

4. E por falar em competição Agora não tem mais candidato “meia boca”. Todos os que estão ali são altamente qualificados e preparados e também foram aprovados em todas as etapas por que você passou. Inclusive, as chances são de que eles tenham sido aprovados para painéis de várias empresas, porque, sério mesmo, eles são “bons”.

E o que isso muda? Se você já tremia nas bases quando via todo mundo na dinâmica “ter intercâmbio” e você não, então é melhor se preparar, porque os candidatos do painel não estão pra brincadeira. Dito isso, esteja pronto para enfrentar essa situação e procure estar o mais confiante possível (faz um mantra, pede apoio dos amigos, sei lá). E quando eu falo confiante, eu não quero dizer “convencido”, e sim estar num estado de espírito em que você verdadeiramente acredita em si mesmo e no seu potencial.

5. Estudos de caso mais complexos. Com candidatos mais fortes, gestores presentes, área específica e clima de “final de campeonato”, os cases também tinham de ser incrementados, não é mesmo? Se você chegou a participar de alguma dinâmica remanescente das que não trazem cases relacionados ao negócio da empresa, essa chance simplesmente não existe no painel.

E o que isso muda? Se já era importante estudar a empresa e o segmento de negócio como preparação para as dinâmicas, para o painel isso é algo vital. Estude de modo aprofundado tudo o que puder saber sobre o ramo de atividade, desafios, oportunidades, o que os concorrentes têm feito, as notícias publicadas, tudo. Se for uma multinacional, pesquise também no site internacional da empresa e vá ainda mais a fundo, buscando notícias em inglês, vídeos, enfim: tudo que você conseguir apurar que possa lhe ajudar na solução do case.

Estude também alguns assuntos chave em administração/negócios. E se você não é dessa área então, aí é que precisa se dedicar ainda mais. Não raro, os cases envolverão fusões com outras empresas, estratégia para aumento de vendas/produção, um novo produto e vários outros temas que exigirão que você tenha um mínimo de visão de negócio. Saber aplicar os 4P’s do Marketing (e não apenas decorar o que significam), ter noções sobre o mercado, estar antenado com novas tecnologias, enfim: ter conhecimento sobre esses assuntos é essencial. Lembre-se de que alguns dos avaliadores são gestores que lidam diariamente com esses desafios na empresa e que estão bastante curiosos para saber que tipo de solução cada grupo irá trazer.

Dica extra: Conheça os produtos/serviços oferecidos pela empresa e por seus concorrentes. Você não vai querer cair numa casca de banana e pagar o mico de confundir um produto da concorrência com o da própria empresa (só digo isso porque já vi acontecer).

6. Perguntas após o case. Isso também já ocorre com bastante frequência nas dinâmicas, sendo que nos painéis é praticamente uma regra. Sei de gestores de empresas um pouco mais agressivas que chegaram a humilhar candidatos com perguntas e argumentos que basicamente diziam que toda a ideia para a solução do case era absurda e idiota. Felizmente, mesmo nessas empresas isso já não acontece mais e, embora as perguntas costumem ter um tom desafiador (vão direto nas falhas, que sempre irão existir), na verdade elas possuem o objetivo de ver a sua reação a situações adversas, bem como de “testar” a sua agilidade mental e capacidade de raciocínio rápido, coerência, equilíbrio emocional sob pressão etc.

E o que isso muda? Novamente aqui o importante é estar preparado, tanto em termos de conteúdo como psicologiamente. É também necessário um cuidado ainda maior para não interromper colegas do grupo nem se “exibir” demais.

7. Como sempre… Seja você mesmo! Esse último item nem é uma diferença entre dinâmicas e painéis, mas eu vou insistir nessa tecla até que fique entendido que, ao “interpretar papéis” em qualquer processo seletivo, você só engana a si mesmo.

É claro que os painéis podem variar enormemente de empresa para empresa. Nem todos são específicos por área, alguns são ao menos em parte realizados em Inglês e outros não pedem nada de “diferente” na Apresentação Pessoal. Sem contar que, como cada organização tem o seu próprio perfil, convém lembrar que não existem “fórmulas” nem “receitas” para ser aprovado nos processos. A intenção aqui foi mesmo a de mostrar que, no fundo, dinâmica e painel são bastante parecidos, só que o último é ainda mais desafiador que o primeiro.

Próximo Post: VT Indica – Palestras “animadas”

Posts relacionados

Mais recentes » « Mais antigos

Deixe seu feedback!

  • Renata Machado

    Bom dia Cintia,
    adorei seu texto.
    Semana que vem irei participar de um painel onde o tema da apresentação é esse ;
    “A partir de agora você é um país, e como todo país tem características e estilo, então, é assim que deverá planejar sua apresentação contendo as seguintes informações.”

    1. Nome 2. Descoberto em (data de nascimento / idade)
    3. Origem / Desenvolvimento (Naturalidade, família, educação, formação acadêmica, ano de conclusão prevista, curso, universidade, disponibilidade de horário para estágio, nível de inglês e conhecimento em informática)
    4. Clima / Variações Climáticas (Como é seu clima? Quando ocorrem variações de humor?)
    5. Pontos turísticos (pontos que você acredita atraem as pessoas)
    6. Produtos que importam (o que você busca nas pessoas / na vida? Quais suas expectativas?)
    7. Sistema de governo (como você se gerência? Como estabelece prioridades? Quais seus valores?)
    8. Relações com outros países (como é sua relação com outras pessoas, com outras culturas, com diferenças?)
    9. Experiências relevantes (estágios, trabalhos, intercâmbios, etc)

    Dentro dessa atividade poderia me dar alguma dica de como montar uma boa apresentação?

    • Obrigada, Renata! Achei muito legal o quanto a empresa estruturou o roteiro dessa atividade. Isso ajuda bastante os candidatos!

      Recomendo que foque primeiramente no conteúdo. Depois de ter desenvolvido o que deseja falar em cada tópico, você pode fazer um brainstorm, listando várias possibilidades, sem julgamento: apresentar como um mapa, uma página de enciclopédia, uma apresentação na ONU ou um livro de geografia; montar uma apresentação em slides com imagens que representem cada item; criar uma “bandeira” em que cada cor ou forma (estrela, círculo etc) simbolize um dos tópicos; criar um hino do país com um resumo de tudo… Como pode ver, são muitas as opções.

      Abraços

  • Isabela

    Boa Noite,
    Estou fazendo parte de um painel, e tenho uma duvida quanto ao material para ser usado, eles restringiram tecnologia e querem ver a nossa criatividade, pode me ajudar ?

    • Olá, Isabela! Acredito que o seu painel já passou não é mesmo? De todo modo, é uma questão de aliar a criatividade ao segmento/valores da empresa. Já vi candidatos criarem revistas, rolo de filme em caixa de papelão, embalagem de produtos e vários formatos. Espero que tenha dado certo! Abraços

  • Thays

    Boa noite! Tenho um painel pra essa semana e me pediram pra falar de um tema livre que relacione minhas experiencias acadêmicas e pessoais. No entanto, nao posso usar recursos digitais, somente uma cartolina ou sulfite. Alguma sugestão? Minha ideia é falar de sustentabilidade pq tenho trabalhado nessa área na faculdade…

    • Oi Thays!

      Pode ser… o importante é que seja algo que lhe entusiasme, tanto pessoal como profissional/academicamente, como algum projeto que ajude alguma comunidade ou mesmo esse que você citou.

      Você só pode utilizar cartolina, mas a empresa limitou o uso dela? De repente você pode criar um “objeto” com a cartolina, ou ainda utilizá-la de alguma outra forma não esperada. São muitas as possibilidades.

      Abraços e boa sorte!

  • Thays Marques

    Olá Cintia, boa tarde.. ainda estou no sétimo período de farmácia, mas com certeza no próximo ano estarei me escrevendo no processo seletivo para treinee da empresa O Boticário e queria que você me esclarecesse algumas dúvidas! Os processos de inscrições para treinne da O Boticário ocorrem todos os anos? e se você sabe qual a data que abre a próxima etapa de inscrição ? Você sabe como são os processos de painéis da empresa? se eles mandam fazer em casa ou preparar lá? E QUAL assunto seria melhor pra mim abordar nesse processo, claro que eu faria de acordo com a minha formação que sera farmacêutica! Agradeço desde já sua colaboração e queria muito sua ajuda! OBRIGADA, entro todo dia no seu site

    • Olá, Thays! Muito obrigada!

      Olha, o Grupo Boticário costuma abrir inscrições todos os anos e ainda no primeiro semestre, então é só ficar ligada no VT que logo você terá novidades quanto a isso.

      Não tenho informações sobre o processo específico dessa empresa, mas de um modo geral as companhias mudam um pouco o formato e os cases de ano para ano.

      Em relação ao assunto, a cada etapa você receberá instruções detalhadas por e-mail. Geralmente não é candidato quem escolhe o tema.

      Abraços

  • Guest

    Olá, o que devo preparar exatamente nesse caso: “Convocamos você a trazer em seu painel, um objeto que sintetize ou represente seu maior hobby, aquilo que você se dedico com prazer quando não está empenhado nos estudos ou se esforçando nos estágios.” nunca participei desse processo de painel não sei como realmente funciona. Obrigado !

    • Olá! A preparação para uma apresentação como essa é bastante pessoal. O objeto pode ser um violão, um caderno de desenhos, origami, um livro de receitas, uma câmera fotográfica, um joystick etc. O que importa é que você explique porque ele é importante para você, como você se realiza com esse hobby e que habilidades desenvolveu com essa prática. Abraços

  • Erick

    Oi Cintia. No seu post vc diz pra estudarmos assuntos chaves de administração/negocios. Não sou da área e acredito que essa defasagem pode me custar a vaga.
    Vc tem algum site pra indicar pra estudarmos mais sobre?

    Obrigado desde já

    • Olá Erick! Os principais assuntos que auxiliam nos estudos de caso são a Matriz SWOT, ciclo PDCA, 5S e outras ferramentas de gestão. Recomendo acessar o site Sobre Administração (sobreadministracao.com), bem como se tornar um leitor frequente do portal e revista (online gratuita) Administradores.com.

      Abraços

  • Mariana

    Olá , adorei as dicas.. vou participar de um painel de negócios em inglês , há alguma diferença? Algo específico que devo estudar? O que normalmente é pedido?
    Desde já agradeço
    Att
    mari

    • Olá Mariana,

      Em geral o formato é parecido. Para etapas em inglês, recomendo preparar o CV em inglês para pensar previamente em termos técnicos e também “treinar” responder algumas perguntas básicas.

      Abraços

  • Julia

    Olá Cintia fui classificada para a fase painel de negócios e a pré tarefa é preparar uma apresentação pessoal de 2 minutos sem qualquer uso de tecnologia , falar sobre um fato que marcou minha vida pessoal é viável ? Me ajude

    • Oi Julia! Desculpe a demora! Não sei se a fase já ocorreu, mas falar de um fato marcante pode ser bem interessante, principalmente se você souber mostrar qual foi o significado pra você, o que aprendeu com isso, como está relacionado aos seus valores etc.

      Espero que tenha dado certo.

      Abraços

  • Regis

    Cintia, tudo bem??
    Tenho painel com gestores no próximo dia 4/12. Eles me pediram para preparar uma apresentação pessoal, duração de 5 minutos, e me sentir a vontade em utilizar qualquer recurso, seja digital ou não.

    Se eu utilizar somente recursos de “papel” pega mal, sendo que é um painel? Eles não esperam alguma coisa mais visual, digital?

    A minha ideia é falar da minha vida, linkado ao da empresa (requisito) em forma de carta póstuma, ou seja, como se eu estivesse a 30 anos a frente…o que acha da ideia??

    Tenho um pouco de receio de não chamar a atenção com recursos visuais, confiando muito somente em texto, leitura…

    Aliás, seu site tem me ajudado muito nas etapas..
    Bjos,
    Régis

    • Olá, Régis!
      Muito obrigada!

      Se a empresa permite qualquer tipo de recurso, não será problema ser digital ou não.

      Concentre-se bastante no conteúdo e, caso queira inovar um pouco mais, pode também pensar na forma que irá apresentar. Por exemplo, os participantes podem receber envelopes com as cartas com o nome deles na frente ou você pode pensar em várias outras formas de transmitir essa mensagem póstuma.

      Mas não se esqueça: o mais importante será sempre o conteúdo.

      Abraços e boa sorte!

  • Raissa Salles

    Olá Cintia,
    O que exatamente eles avaliam nessa apresentação pessoal diferenciada?
    Terei que fazer a minha em powerpoint, e não sei que caminho seguir…

    • Olá, Raissa!

      Várias características podem ser avaliadas nessa apresentação, desde habilidades de comunicação e criatividade até a capacidade analítica e visão de negócio, quando essa apresentação envolve solucionar um case proposto.

      A minha dica é que releia com atenção as instruções do e-mail e siga exatamente o que a empresa está solicitando.

      Abraços

  • Rodrigo P.

    Olá Cintia,
    Passei para etapa do Painel em um processo. O nível exigido de inglês é o intermediário.. Você acredita que será realizada alguma etapa durante o painel para avaliação do conhecimento a língua?

    • Olá, Rodrigo! Parabéns por chegar a essa etapa!

      Quanto à avaliação de inglês, isso varia de empresa para empresa, independentemente do nível exigido. Geralmente eles avisam se alguma parte do painel será no idioma (apresentação pessoal por exemplo) ou se será aplicado algum teste/entrevista durante ou dias após a realização da etapa.

  • José

    Cintia…excelente BLOG!
    Nesta fase do painel eles te mandam por email o que você deve falar, o montar? Como funciona?
    Obgdo!

    • Muito obrigada, José! Normalmente, quando as empresas pedem para preparar a apresentação em casa, as instruções são enviadas por e-mail, mas também costumam ser bem gerais, informando apenas alguns tópicos que devem estar presentes e o tipo de mídia (powerpoint, “sem computador” etc).

      Abraços

  • mariana

    Olá Cintia! Estou meio perdida. Tenho um painel semana que vem mas no email-convite só me pedem para preparar uma apresentação pessoal e o motivo pelo qual quero trabalhar na empresa. Tudo em inglês. Vc já ouviu falar de um painel de negocios assim? Eu esperava algo mais relacionado aos negócios da empresa.

    Obrigada!
    Mariana

    • Olá, Mariana! É relativamente comum algumas empresas pedirem para a apresentação do painel ser em inglês, pois essa é uma forma interessante de avaliar se o nível do idioma do candidato atende ao que a empresa precisa.

      Em relação ao conteúdo, a minha dica é que levante os pontos mais relevantes de suas experiências profissionais e pessoais. Sobre o formato, o melhor é que a apresentação tenha o mínimo de texto possível, com tópicos pontuais apenas e que tenha algumas imagens, para ficar mais visual. Isso se for para fazer em power point. Você pode tentar esclarecer essa dúvida com a consultoria.

      Abraços

      • mariana

        obrigada cintia!
        é, fiz a apresentação com o mínimo de texto possível. vamos ver se eu consigo apresentar direitinho

        abraços

      • OK então, Mariana. Depois conta como foi.

        Boa sorte!

  • Dannielle Leonardi Migotto

    Oi Cintia!! Você tem como me dar algumas informações sobre as provas orais de inglês das etapas de trainee!!?? O que eles costumam abordar ou algo assim.
    Agradecida
    Dannielle Migotto

  • Caio Kaizer

    Valew!
    será de grande avalia!

  • Dalzo Martins

    Seu post e de grande auxilio para todos aqueles que pretendem participar do mercado de trabalho.
    Obrigado
    Parabens

    • Muito obrigada, Dalzo!

      • Camila_dfv

        Ola cintia estou me preparanda para um´painel que será na sexta-feira e é apenas..de formação.. estou em dúvida de devo fazer algo mais discreto e sério, ou algo uma com um pouco mais ousado !!!

      • Olá, Camila! Acredito que o painel já passou… desculpe, não vi o comentário antes. Essa questão de “sério” ou “ousado” depende muito do seu estilo e o da própria empresa. Enquanto algumas organizações valorizam bastante o “espírito arrojado”, outras preferem algo mais tradicional. De qualquer modo, você não deve fazer algo que definitivamente não é a sua cara só para agradar, pois é você também quem escolhe a empresa.

        Enfim. Espero que tenha dado tudo certo.

        Abraços
        Cíntia

  • Nathcassia

    Muito bom o post! Acabei de receber um email de aprovação da dinâmica para o painel, e fui logo buscar na internet dicas para sair bem nessa etapa. Com certeza suas dicas me abriram os olhos para realmente me preparar e não ficar só esperando a data chegar! Obrigada!

    • Obrigada, Nath! Espero que as minhas dicas ajudem e que logo você esteja lendo as dicas para a entrevista final! Boa sorte!

  • Maraisa Esteves

    Post um pouco antigo mas super válido!!!

    Parabéns!

    😉

    • Cintia Reinaux

      Obrigada, Maraisa!

      Pretendo nos próximos meses fazer um aprofundamento desses posts, bem como tratar de outras possíveis etapas de processos seletivos de que não falei ainda.

      Abraços e boa sorte nos processos!

  • Natália

    Olá Cinthia,
    Agora fui eu quem tardou em responder, desculpe!

    Foi ótimo o post sobre o painel. A mensagem de que vc havia escrito chegou pra mim um dia antes de realizar o painel de um processo. E me ajudou a desenvolver melhor as tarefas do dia.
    Infelizmente não passei, mas fica mais uma experiência e a crença de que é possível chegar lá.

    Cinthia, muito obrigada!
    Beijos.

    • Olá Natália,

      Que pena que você não foi aprovada nesse processo. O importante é não desanimar e continuar tentando. Infelizmente, também é preciso ter em mente que menos de 1% dos que se candidatam a trainee conseguem a tão desejada vaga.

      A dica é acreditar que você estará dentro desse 1% de aprovados e ao mesmo tempo manter uma postura "pé no chão" de quem sabe que a aprovação pode até não vir, mas que nem mesmo isso fará você duvidar de seu potencial.

      Fico na torcida.

      Abraços
      Cintia

  • sarah

    amei o que vc escreveu! semana q vem tenho um painel e estou me preparando mto para ele. esse texto deu uma clareada nas idéias!

    espero voltar aqui e contar boas 9dades! 🙂

    bjos e parabens pelo site!!!!!!!