Vai ser diferente

Olá, pessoal!

Essa foto representa o meu Natal de 2008. Na época, eu estava trabalhando no Canadá. A imagem mostra o meu cubículo todo decorado, com direito à neve do lado de fora. Foi o meu primeiro Natal longe de casa, mas foi também um momento de minha vida em que eu estava realizando o sonho de viajar para o exterior.

Já no Natal de 2009, eu estava de volta a Recife, só que foi um Natal um pouco mais triste, pois eu estava decepcionada com todas as reprovações em programas de trainee. O futuro era incerto. Eu não fazia ideia do que faria caso não fosse aprovada em nenhum programa.

No período natalino de 2010, lá estava eu em São Paulo, trabalhando em uma grande empresa, apenas de passagem em Recife para curtir as festas com amigos e familiares, à espera de um novo ano que prometia mudanças significativas em minha vida.

E, agora, em 2011, cá estou eu morando novamente em Recife, atuando em uma nova área e ainda em busca da realização de projetos e sonhos. Foi um ano particularmente difícil para a minha família, mas eu sou grata por ter estado aqui, perto deles, ajudando a segurar essa barra.

O futuro é mais uma vez uma incógnita, e uma série de acontecimentos dolorosos têm abalado o meu otimismo mas… Ainda bem! Chegou o fim do ano.

Para mim, o final de ano é sempre tempo de reflexão e renovação de fé. A passagem de ano pode até ser apenas simbólica, mas é exatamente disso de que precisamos para continuar de pé, enfrentando com coragem os desafios que a vida nos traz. 

Então, gostaria de deixar meus votos de um Feliz Natal e um Ano Novo inesquecível para todos os leitores do Vida de Trainee, bem como uma bela mensagem escrita por Carlos Drummond de Andrade:

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar
e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui para adiante
vai ser diferente.”

 

Curtiu? Que tal então curtir também a página do VT no Facebook?

O VT também está no twitter: @vidadetrainee

 

CompartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pageEmail this to someone


Tags: , ,

Categoria: Sobre o blog

Sobre o Autor ()

Cintia Reinaux tem 29 anos e um orgulho danado de ser pernambucana. A administradora apaixonada por RH criou o Vida de Trainee em fevereiro de 2010. Desde então, dedica parte de seu tempo para ajudar outros jovens como ela a refletir sobre suas carreiras.

rss feed Facebook Twitter Google Plus LinkedIn

Website do Autor

  • http://twitter.com/Palomafesta Paloma Festa

    Parabéns Cintia! Estou passando pela mesma situação, na verdade, estou no seu ano de 2009, enfrentando a situação de não ter sido aprovada em nenhum processo apesar de ter chego em algumas finais!
     
    Adorei a mensagem do Carlos Drummond de Andrade, e concordo completamente, o Natal é período de renovação, de se pensar em melhorias para o próximo ano e nunca, NUNCA perder a esperança. A vida é feita por alguns momente difíceis, e precisamos ser fortes para enfrentá-los.
     
    ”Existem mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam” – Henry Ford
     
    Um excelente final de ano,
     
    Paloma Festa

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Olá, Paloma! Pois é, sei bem como é essa situação, mas realmente não podemos desistir.

      Estou certa de que, com determinação e perseverança, qualquer objetivo pode ser alcançado. Você pode até não se tornar uma trainee, mas isso não impede que você conquiste seus sonhos e uma carreira de sucesso.

      Lembre-se de que o trainee é apenas um dos meios para se atingir objetivos profissionais, e não um fim.

      Abraços
      Cíntia