Novidade!

Receba vagas no seu perfil por e-mail

Reflexão: Um Pálido Ponto Azul

01.01.2013 | em Carreira


O primeiro dia do ano costuma ser reservado para recuperarmos as energias depois de uma maratona de festas e fechamento de metas no trabalho.

O que poucos sabem é que 1º de janeiro é o dia da Confraternização Universal, também chamado Dia da Fraternidade Universal. Uma data para refletirmos sobre como queremos que o mundo seja nos próximos 364 dias e para lembrar a importância da paz e diálogo entre os povos.

Para ajudar na reflexão, segue abaixo um vídeo de que gosto muito, que traz um texto adaptado de Carl Sagan, famoso cientista americano, já falecido, sobre o pálido ponto azul em que vivemos.

 

Transcrição do vídeo “A pale blue dot”

From this distant vantage point, the Earth might not seem of particular interest. But for us, it’s different. Consider again that dot. That’s here, that’s home, that’s us. On it everyone you love, everyone you know, everyone you ever heard of, every human being who ever was, lived out their lives. The aggregate of our joy and suffering, thousands of confident religions, ideologies, and economic doctrines, every hunter and forager, every hero and coward, every creator and destroyer of civilization, every king and peasant, every young couple in love, every mother and father, hopeful child, inventor and explorer, every teacher of morals, every corrupt politician, every “superstar,” every “supreme leader,” every saint and sinner in the history of our species lived there – on a mote of dust suspended in a sunbeam.

 

Tradução do vídeo “Um pálido ponto azul”

Deste ponto de vista distante, a Terra pode não despertar nenhum interesse em particular. Mas, para nós, é diferente. Considere novamente esse ponto. É aqui. É nosso lar. Somos nós. Nele, todos que você ama, todos que você conhece, todos de quem você já ouviu falar, todo ser humano que já existiu, viveram suas vidas. O conjunto de nossas alegrias e sofrimentos, milhares de religiões confiantes, ideologias e doutrinas econômicas, cada caçador e coletor, cada herói e covarde, cada criador e destruidor da civilização, cada rei e plebeu, cada jovem casal apaixonado, cada mãe e pai, criança esperançosa, inventores e exploradores, cada professor da moral, cada político corrupto, cada “superstar”, cada “líder supremo”, cada santo e pecador na história da nossa espécie viveu ali, em um grão de poeira suspenso em um raio de sol.

Posts relacionados

Mais recentes » « Mais antigos

Deixe seu feedback!