Novidade!

Receba vagas no seu perfil por e-mail

Quais as diferenças entre estágio e trainee?

06.05.2014 | em Carreira

diferencas-estagio-trainee

Olá, pessoal!

Ao conversar com outras pessoas sobre o trabalho que desenvolvo no VT, sempre noto que existe uma certa confusão entre programas de estágio e de trainee. Muita gente, inclusive, chega a pensar que “são a mesma coisa”.

Em parte, isso pode ser explicado pelo fato de ambas as oportunidades serem voltadas para jovens universitários sem experiência profissional (partindo da premissa de que se trata de estágio de nível superior).

No entanto, se observarmos com atenção, veremos que há mais diferenças do que similaridades. Mas afinal, o que distingue um do outro? Confiram no artigo de hoje.

Leia também: O que é trainee?

 

Quais as diferenças entre estágio e trainee?

 

Graduação

  • Estágio: a lei exige que o estagiário esteja estudando (não pode ter concluído ou estar com o curso “trancado”). As grandes empresas preferem estudantes com conclusão prevista para até 2 anos
  • Trainee: não há regras, mas os programas costumam ser voltados para recém-formados ou quem está no fim da graduação

 

Área de atuação

  • Estágio: o estagiário só pode atuar em atividades diretamente ligadas ao seu curso
  • Trainee: nos programas generalistas é comum termos trainees atuando em áreas totalmente distintas de sua formação

 

Objetivo

  • Estágio: formação complementar para que o estudante possa colocar em prática o que aprendeu na faculdade
  • Trainee: formação de futuros líderes da empresa, de modo que o trainee recebe uma preparação especial para que possa ter um crescimento acelerado de carreira

 

Disponibilidade:

  • Estágio: 4 a 6 horas diárias
  • Trainee: período integral, viagens e mudanças

 

Idioma

  • Estágio: inglês desejável ou intermediário
  • Trainee: inglês avançado ou fluente

 

Legislação

  • Estágio: nova Lei do Estágio (Lei 11.788/2008 – Não há vínculo empregatício
  • Trainee: não há regulamentação específica, apenas o cumprimento da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) – O trainee é um funcionário efetivo da empresa como qualquer outro, com “carteira assinada”

 

Remuneração e Benefícios

  • Estágio: bolsa auxílio, ajuda para o transporte, seguro contra acidentes pessoais e férias (remuneração e auxílio transporte não são exigidos em caso de estágio obrigatório)
  • Trainee: salário acima da média de mercado e os mesmos direitos de qualquer empregado da empresa (férias, 13º salário, FGTS, aviso prévio etc)

 

Estrutura do Programa

  • Estágio: tutor, avaliações periódicas, alguns treinamentos
  • Trainee: costuma incluir job rotation em diversas áreas, para que o trainee entenda bem o negócio, além de coaching/mentoring e treinamentos técnicos e comportamentais

 

Duração

  • Estágio: lei estabelece período máximo de 2 anos
  • Trainee: o programa costuma durar de 1 a 2 anos, mas o trainee permanece na empresa após o programa por prazo indeterminado

 

Efetivação

  • Estágio: não há garantias de que será efetivado ao final do programa
  • Trainee: já é efetivo desde o 1º dia, o que não impede a empresa de romper o contrato por baixo desempenho e outros motivos a qualquer momento, desde que pague todos os encargos trabalhistas

 

Oferta de vagas

  • Estágio: muitas vagas (afinal, é uma “mão-de-obra barata”)
  • Trainee: poucas vagas, pois exigem um alto investimento das companhias, o que gera uma concorrência enorme, que chega a ser de 4 mil candidatos por vaga

 

 

Posts relacionados

Mais recentes » « Mais antigos

Deixe seu feedback!