Novidade!

Receba vagas no seu perfil por e-mail

Novos Testes da Cia de Talentos para Estágio e Trainee

24.10.2012 | em Dicas
Infográfico - Testes - Cia de Talentos

Clique na imagem para visualizar o infográfico

No segundo semestre de 2012, os testes online da Cia de Talentos mudaram. A nova proposta foi bem recebida pelos candidatos, mas também gerou muitas dúvidas.

Para esclarecer essas questões, conversei por telefone com a Renata Magliocca, Gerente de Inovações da Cia de Talentos. A conversa durou mais de uma hora e os principais pontos discutidos podem ser conferidos abaixo.

A fim de tornar a explicação mais didática, elaborei o artigo no formato de entrevista com as perguntas mais frequentes (F.A.Q).

 

Novos Testes da Cia de Talentos para Estágio e Trainee

 

No 2º semestre de 2012, a Cia de Talentos passou a aplicar um novo formato de testes para os candidatos a trainee e estágio. Você poderia explicar esse novo modelo?

O T.E.R.P. (Teste de Eficiência na Resolução de Problemas) mede 4 diferentes raciocínios (Numérico, de Inferência, Espacial e de Análise). Escolhemos esse formato porque o domínio dessas 4 dimensões caracteriza uma boa eficiência na resolução de problemas, característica bastante apreciada pelas empresas.

Já o Talent Up tem como objetivo identificar o nível de conhecimento que a pessoa apresenta no Inglês.

A ideia é aplicar o T.E.R.P. e o Talent Up uma única vez para todos os processos seletivos de estágio e trainee realizados até o final de 2012.

 

O que motivou essa mudança?

Os processos para estágio e trainee são muito longos, duram de 4 a 6 meses. Por isso, a Cia tem realizado pesquisas e estudado maneiras de melhorar a eficiência das seleções em geral. Uma dessas ações é a mudança nos testes. Também estamos estudando formas de reduzir o tempo de outras etapas.

Entendemos que as seleções ocorrem em um momento atribulado na vida do candidato, que muitas vezes tem estágio, monografia e uma série de atividades. Também verificamos que o que faz mesmo a diferença é o quanto ele estudou sobre a empresa, e não os testes em si. Os contratados não são aqueles que obtiveram melhor nota, mas sim os que mais se dedicaram ao processo e a conhecer a organização.

Realizamos uma pesquisa com todos os candidatos que fizeram testes duas ou mais vezes em 2011. Descobrimos que, a cada vez, o desempenho diminuía em vez de melhorar. Além disso, observamos que a diferença de nota de um teste para o outro era muito pequena. Assim, não fazia sentido refazer as provas.

Por esse motivo, decidimos unificar os testes. Com essa e outras iniciativas, esperamos reduzir os cronogramas e tempo total dos processos seletivos.

 

O resultado também é único? Se um candidato for aprovado/reprovado em um processo, será também em todos os outros?

Não, pois cada empresa define um peso diferente para os testes. Algumas exigem mais o Raciocínio Lógico. Outras dão ênfase ao Inglês. A aprovação nessa etapa depende de vários fatores, tais como o curso do candidato, área escolhida, testes de alinhamentos culturais e muitos outros.

Assim, não é porque um candidato foi aprovado (ou reprovado) na fase de testes de uma seleção que também será nas outras.

 

Como as avaliações foram desenvolvidas?

Os testes foram customizados especialmente para a Cia de Talentos, porém baseados em referências importantes no mercado de trabalho. A implementação foi bastante cuidadosa, com aplicações em diversos grupos de teste, inclusive de outros países (os testes também serão aplicados nas filiais da Cia fora do Brasil).

No T.E.R.P. buscamos um formato que não privilegiasse nenhuma formação sobre a outra, como Exatas sobre Humanas por exemplo. Por isso o teste conta com outros tipos de raciocínio além do numérico, distribuídos igualmente. As questões trazem situações próximas do cotidiano do jovem e do dia a dia de uma organização.

O Talent Up teve como base testes internacionais realizados por instituições como Cambridge e Oxford. Ele engloba Gramática, Vocabulário e Listening.

 

O T.E.R.P. e o Talent Up serão aplicados em todos os programas de estágio e trainee?

Não em todos, mas na grande maioria. Alguns processos grandes solicitam customização em todas as etapas. O candidato será sempre avisado sobre o tipo de teste que irá fazer.

 

Por quanto tempo as provas realizadas serão válidas para novas seleções? Há uma periodicidade definida?

Os testes terão validade até o final de 2012 e serão semestrais. Entendemos que 6 meses é um bom período para fazer uma reavaliação. Pesquisas apontam que este é o tempo estimado para uma mudança do nível de Inglês. Antes disso, a qualidade pode até melhorar, mas para mudar o nível de fato é necessário ter bastante prática, estudo e também exposição ao idioma.

No entanto, também temos flexibilidade quanto a isso. Se, por exemplo, a pessoa fez um intercâmbio dentro desse período ou se ela se sentiu prejudicada de alguma maneira (problemas no sistema e outros), o teste pode ser reenviado. Temos uma Central de Atendimento específica para os testes e analisamos caso a caso.

 

As notas serão divulgadas?

As notas não são divulgadas, pois cada processo tem uma necessidade e objetivo. Como é um teste que vale para todas as empresas, não há como ter uma regra geral. Algumas seguem diretrizes e políticas internacionais e por isso não podem informar a nota.

Entretanto, temos um compromisso com o desenvolvimento dos candidatos. Por esse motivo, procuramos informar o que está sendo avaliado em cada teste e passar dicas de como melhorar.

No Talent Up apontamos o que o jovem consegue fazer com o seu conhecimento no idioma. Também recomendamos horas de estudo, seguindo um padrão internacional (Saiba mais no site com os direcionamentos da Cambridge).

 

Falando nisso, o resultado do Talent Up (Inglês) costuma preocupar os candidatos devido à quantidade elevada de horas de estudo recomendadas. Você poderia esclarecer como esse indicador funciona?

É importante entender que a quantidade de horas recomendadas de estudo não se traduz em uma nota. Mesmo que a nota seja 10, parte-se do pressuposto que é necessário continuar praticando o idioma para manter a fluência. Portanto, essa recomendação está presente em todos os níveis.

Fizemos uma modificação na devolutiva e agora há uma explicação mais detalhada do que essas horas significam, explicando onde o candidato precisa focar para melhorar.

 

Há um número determinado de questões para cada teste ou ele pode variar? Por quê?

O T.E.R.P. tem 12 questões distribuídas em 4 tipos de raciocínio e 3 níveis de complexidade. A intenção é ver como a pessoa se sai em diferentes situações e se os resultados são coerentes.

O Talent Up pode ter até 88 questões, mas também pode ter bem menos, pois ele não faz uma somatória simples de pontos. Trata-se de um sistema inteligente baseado em um algoritmo matemático.

Desse modo, o número de questões respondidas no Talent Up não está relacionado ao desempenho, e sim à composição que foi necessária para que o algoritmo pudesse identificar o nível do candidato no idioma.

 

A rapidez da resposta influi no resultado dos testes? Quem responde em menos tempo pontua melhor do que quem demora mais para responder?

Os testes possuem um tempo individual por questão, respeitando a complexidade de cada uma. Esse tempo já é bastante reduzido, o que por si só dificulta burlar o sistema (consultar respostas, por exemplo).

Assim, o tempo de resposta não interfere na avaliação. Compreendemos que há pessoas que gostam de reler e de anotar, não dá para dizer que quem respondeu mais rápido é “melhor”. Ao definir o tempo máximo por questão, nós procuramos abarcar tanto o perfil detalhista e analítico quanto aquele mais ágil e impulsivo.

 

A ideia de ter apenas uma chance de se sair bem nos testes para todos os processos seletivos aflige muitos jovens que sonham com uma vaga de estágio ou trainee. Existem alternativas? Quais são as recomendações da Cia de Talentos?

Nós verificamos que, em todas as etapas dos processos seletivos, as atividades costumam ser realizadas nas últimas horas disponíveis. Assim, acreditamos que a unificação dos testes possa ajudar os candidatos a tomarem mais cuidado com a má administração do tempo, pois eles passam a perceber que deixar para a última hora pode ser um risco muito grande.

Se o candidato notar que está em um mau dia durante a realização do teste, é possível parar e retomar de onde parou em outro momento (até 5 vezes). Isso é um exercício de gestão do tempo, competência bastante valorizada e cobrada pelas empresas.

Já se o sistema cair ou outros problemas ocorrerem, recomendamos que o candidato entre em contato com a nossa Central de Atendimento para analisarmos o caso.

 

Como a Cia de Talentos avalia os novos testes? Quais as maiores vantagens identificadas? A resposta dos candidatos tem sido positiva?

Mais de 45.000 testes já foram respondidos desde o final de agosto de 2012. Até o momento, tivemos poucas manifestações (positivas, negativas ou neutras) em nossos canais de comunicação, o que indica poucas dúvidas e problemas com o novo sistema. Também recebemos muitos elogios quanto à qualidade dos testes.

Percebemos que, com a unificação, a média dos candidatos melhorou muito. Acreditamos que a aplicação dos testes uma única vez fez com que a dedicação e concentração aumentasse.

Além disso, o índice de desistência também caiu nessa etapa. Agora é possível participar de mais processos e decidir em quais seguir ou não na fase de dinâmica, que é uma etapa em que o candidato passa a conhecer mais sobre a empresa.

 

Central de Atendimento para os testes

Talent Up: talentup@ciadetalentos.com.br

T.E.R.P.: terp@ciadetalentos.com.br

 

E aí? Curtiram o post? Bem exlicativo, não? Então, não deixem de comentar e divulgar para os amigos. Ah! E não deixem de votar no Vida de Trainee para o Top Blog.

 

Posts relacionados

Mais recentes » « Mais antigos

Deixe seu feedback!