Mitos e Verdades: Limite de idade

Imagem: Getty Images

Uma das situações mais decepcionantes de um processo seletivo para trainee é ser reprovado ainda na fase de triagem. Logo começam a surgir inúmeras teorias: “É porque eu não tenho experiência internacional”, ou “Porque não estudei em uma faculdade pública”, ou ainda “Porque tenho mais de 25 anos”.

Em um outro post, já falei sobre o mito da necessidade de experiência internacional. Hoje gostaria de falar sobre a existência ou não do limite de idade.

 

Mito ou Verdade?

Antes de mais nada, quero deixar claro que o que vou dizer aqui não representa a forma de se trabalhar de nenhuma empresa ou consultoria em particular, OK?

Dito isso, não sejamos ingênuos. Logicamente existe sim um limite de idade, ao menos na maioria dos casos.

Antes de ficar revoltado e começar a esbravejar que essa prática é proibida por lei, procure ser sensato: Se a proposta de um Programa de Trainee é trazer jovens talentos para uma empresa e formá-los para que se tornem futuros líderes, qual é o sentido de contratar uma pessoa de 40 anos, por exemplo?

As empresas então adotam um limite que varia entre 26 e 30 anos. Já vi inclusive algumas que  registraram esse requisito nos cartazes de divulgação dos programas (que tipo de retaliação elas sofreram por isso eu já não sei dizer). Também no ano passado houve uma empresa que fez exatamente o contrário: esclareceu no site que não fazia distinção de curso ou idade.

Na prática, o próprio governo estipula limite de idade em algumas situações, como ocorre com os programas de inclusão social em que as empresas contratam jovens aprendizes. A idade nesses casos é delimitada entre 14 e 24 anos. Afinal, trata-se de dar a chance ao jovem de ter o seu primeiro emprego.

De modo semelhante, tanto o cargo de trainee como o de estágio são o que chamamos de entry levels das empresas, isto é, portas de entrada. Seria até desleal concorrer com uma pessoa mais velha, que em geral é bem mais experiente e possui especializações ou mais de uma formação superior.

Por outro lado, uma vez dentro das empresas, você irá descobrir que muitas delas determinam uma idade mínima para posições sênior (de diretoria, presidência etc). Sempre inconformados, novamente nos queixaremos: “Como é que pode não sermos considerados prontos para assumir uma posição por conta da idade?”. Concorde ou não, isso não apenas é prática comum nas organizações como também aparece na própria lei de nosso país. Ou você não sabe que para se candidatar à presidência do Brasil é necessário ter no mínimo 35 anos?

Portanto, é fato que, ao longo de nossa carreira profissional, enfrentaremos situações que consideramos injustas, como a existência de limites de idade (para mais ou para menos). O que não podemos é desanimar por conta disso. Devemos continuar lutando pelos nossos objetivos, tendo sempre em mente que sim, o trainee é uma das melhores portas para o mercado de trabalho, mas não é a única.


Próximo post: VT Dicas – Dinâmicas de Grupo

 


CompartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pageEmail this to someone


Tags: , , , , ,

Categoria: 2. Perfil e Pré-requisitos, Mitos e Verdades

Sobre o Autor ()

Cintia Reinaux tem 29 anos e um orgulho danado de ser pernambucana. A administradora apaixonada por RH criou o Vida de Trainee em fevereiro de 2010. Desde então, dedica parte de seu tempo para ajudar outros jovens como ela a refletir sobre suas carreiras.

rss feed Facebook Twitter Google Plus LinkedIn

Website do Autor

  • bruno

    Já tenho a minha primeira graduação em Design Gráfico e sempre trabalhei na área porém,atualmente aos 30 anos , resolvi ingressar numa faculdade de engenharia civil (1 periodo-2014)e seguir carreira nesta área… Me formarei com 36 anos e pretendo bem antes disso(ate os 32), ja procurar vagas de estagio e posteriormente mais perto do fim do curso, para trainee. O mercado pode me absorver?Pq n tenho estrutura para fazer um curso inteiro para ficar sem trabalhar na área, a frustração seria devastadora… Vale salientar que não me importo em deixar de trab onde estou por carteira assinada por um estagio pois, se eu quero tanto mudar de área tenho consciência que iniciamente será necessário ” dar um passo para trás, para dar dois à frente”

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Olá, Bruno! Sendo bem sincera, pode ser que você tenha certa dificuldade em conseguir estágio/trainee, especialmente em empresas grandes. Recomendo que busque de toda forma conseguir fazer estágio antes de se formar, mesmo que em empresas menores. A sua meta será ser efetivado em uma delas, bem como construir um ótimo relacionamento (sempre tem alguém que muda de empresa e “leva junto” bons colegas de equipe). Mesmo que você não consiga ser efetivado, poderá buscar vagas de Analista, Engenheiro Jr etc, e até mesmo, “daqui pra lá”, pode ser que algumas empresas aceitem trainee com essa idade. Abraços

  • Maria

    eu moro no USA, thanks god! aqui uma empresa não pergunta idade para não ter problemas com processos contra discriminação. Isso sim representa uma economia avançada, não esta ignorância do brasileiro!!!! Thanks god eu não moro no Brasil!!!!!!!

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Oi Maria, de fato ainda precisamos evoluir muito nesse sentido, mas não se iluda. O americano não pergunta a idade, como você bem disse, por temer processos. No entanto, nada impede que, durante a entrevista, a empresa perceba que você não tem a idade desejada e não lhe aprove por este motivo, embora venha a alegar outra razão. Isso acontece no mundo inteiro.

  • Lima

    Parabéns Cintia pelas informaçoes esclarecedoras quanto a idade e o processo seletivo Trainee,porém me restou uma duvida particular.Sou estudante de Engenharia no Brasil e participo do programa governamental Ciencia sem Fronteiras na Alemanha. Atualmente estou com 22 anos de idade .Dessa forma pela duracao do programa CsF ,formarei com 25 anos ou possivelmente 26 anos de idade ,(dependendo da reposicao de disciplinas em detrimento da greve nas federais).
    Logo gostaria de saber se existe algumas possibilidade de empresas me recusarem pela idade,mesmo participando de um programa de intercambio universitário.
    Muito obrigado pelas informaçoes.

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Olá! Primeiramente, parabéns pela oportunidade de participar do Ciências sem Fronteiras.

      Eu diria que, para a maioria dos programas de trainee, a sua idade não será um problema, mas também recomendaria que não se preocupe muito com isso: muita coisa pode mudar nos próximos anos, e o importante é que você continue se preparando da melhor forma possível.

      Abraços

  • Diogines

    Gostei muito das perguntas e respostas parabéns! Minha pergunta é parecida com algumas aqui estou cursando Eng. Mecânica tenho 25 anos vou concluir no final de 2016 e estarei com 28 anos nesse intervalo vc acha difícil encontrar estagio por conta da idade? Ja trabalhei em outras empresas nas nao na area, o que quero mesmo é estagio e não trainee.

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Oi Diogines! Obrigada!

      Olha, em relação à estágio, a recomendação é que comece a procurar o quanto antes, e não apenas no final do curso. Algumas empresas possuem restrição de idade, mas o importante é continuar buscando de forma ampla, sem buscar apenas as “maiores”, mas também empresas menores e consultorias.

  • Adenilso José

    Cintia gostei do seu post! Isso e mesmo verdade eu nao fui selecionado em alguns processos por causa da idade. Eu tenho 32anos e estou cursando o 4° de contabeis.
    Voltei a estudar so agora. Eu acho que as oportunidades deveriam ser para todos os estudantes sem limites de idade.

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Olá Adenilso! Concordo que todos deveriam ter oportunidade, e na verdade até possuem, mas cada uma em seu tempo.

      Recomendo que busque vagas efetivas de Assistente/Analista, ou ainda para o cargo que você exercia antes do curso (vendedor etc). Uma vez “empregado”, é bem mais fácil conseguir uma oportunidade mais adequada ao seu curso, às vezes dentro da própria empresa em que você entrou em outro cargo.

      Abraços

  • luiu

    Oi Cintia, bem esclarecedor seu post… Estou me inscrevendo em vários processos de trainee e enquanto os meus colegas (que possuem formação e currículo parecidos com o meu) estão passando para a próxima fase, eu ,que faço 31 anos em breve, não estou passando. Que pena, pois é difícil entrar numa empresa de outra forma sem ter experiência. Mas isso não é regra né? Acredito que vou encontrar empresas que topem me dar uma chance.

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Olá! É esse o espírito! Existem empresas que topam sim dar uma chance. Uma dica é que fique ligada também nos programas voltados para jovens profissionais, mas não exatamente de trainee, pois podem se enquadrar no que você precisa. De vez em quando a DM (parte do grupo da Cia de Talentos) abrem programas como esse.

      Também recomendo buscar vagas de Assistente e Analista Jr, que também não exigem experiência.

      Abraços

  • Elizeu

    É fato. O meu currículo é bem completo: graduado em faculdade pública, mestrando em faculdade pública, experiência internacional, nível avançado em inglês e espanhol e outros. Contudo, até o ano passado, quando tinha 30 anos ainda fui selecionado para alguns teste, esse ano que tenho 31 só recebo a mensagem “agradecemos pela sua…”. A realidade é essa. Não tô importando. Existem outras oportunidade, como concurso, outras formas de entrar em uma empresa, criar sua própria, ser político etc. O ponto é: não seja peça do capitalismo, se não, vai se transformar em uma chave de fenda humana.

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Oi Elizeu, uma pena que você não esteja sendo aprovado nas triagens dos programas de trainee, mas lembro que existem outras portas de entrada para as empresas caso esse seja o seu desejo. Abraços

  • Antônio

    Olá, tenho 27 anos e vou me formar em engenharia com 28, tenho chance? Post muito legal, apesar de ser uma notícia triste para nós “velhinhos”

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Obrigada, Antônio! Pela idade, acredito que você tenha chance sim. Recomendo que se inscreva nos programas sem se preocupar muito com isso e, em todos que passar da triagem, pode ficar tranquilo, pois significa que a empresa não possui essa restrição (pelo menos para a sua idade).

  • Mateus

    Oi Cintia, venho aqui mais uma vez comentar um de seus artigos. Me formei em Engenharia com 25 anos, com 2 anos de atraso, que considero ser fruto do esforço para fazer uma faculdade federal (1 ano de pré vestibular e + 1 ano para completar a monografia que exige participação em laboratório). Nesse momento, estou há 4 meses desempregado, participando dos processos de trainee mas sem muita esperança (são poucas vagas, muita concorrência) sobretudo por não ter feito estágio em indústria (somente em laboratório) e com receio do tempo que está passando. Não tenho fé em mestrado, pós ou cursos, todos os meus amigos que estão trabalhando entraram por estágio (mão de obra barata, menos pré-requisitos). Sabendo dessa realidade um pouco “louca” do mercado e que as exigências para fazer estágio são bem mais leves que trainee, pensei em ser um pouco loco também: fazer uma segunda graduação em Engenharia, aproveitando as disciplinas que já cursei, desta forma posso aproveitar o vínculo com a nova universidade para fazer um estágio e ainda terei a oportunidade de ser contratado a qualquer momento devido a formação que já possuo. Você já encontrou candidatos nessas condições ? Eles sofrem preconceitos por isso ou são bem vistos? E se a faculdade for particular, interfere ?!
    Obrigado mais uma vez pelas contribuições, um grande abraço!

    • http://www.vidadetrainee.com Cintia

      Oi Mateus,

      Acho que não é uma questão de ser “bem visto” ou não, e sim se realmente seria o caso de fazer uma nova graduação só para conseguir um estágio.

      Acho que você deve refletir bastante sobre os seus objetivos, o que pretende com a sua carreira etc, para que essa decisão tenha também outros fundamentos (por exemplo, área em que pretende atuar).

      Também adianto que, em multinacionais, também há um limite de idade para estágios. Talvez fosse interessante incluir na sua estratégia a busca de vagas efetivas em empresas menores, pois elas são mais flexíveis quanto aos requisitos. E, uma vez empregado, é sempre mais fácil conseguir outro emprego.

      De fato o estágio é um grande diferencial, mas também é importante que você saiba utilizar a sua experiência em laboratório e outras atividades extracurriculares a seu favor, mostrando como elas foram agregadoras para você.

      Abraços e boa sorte!

      • Mateus

        Agradeço mais uma vez sua ajuda Cintia. Também tenho tentado empresas menores, mas essas também parecem ter necessidade de contratar menos engenheiros, já estão cheias, é a impressão que tenho. Enquanto isso, um primo meu me dá a notícia de que foi chamado para uma entrevista de estágio, logo no primeiro dia após enviar um e-mail para essa Empresa. Parece um vício do mercado brasileiro, eles querem fazer os empregados “em casa”, como um time de futebol faz jogadores. Me formei em Engenharua numa universidade federal mas parece que só a experiência industrial importa. Por isso o meu “desespero” de querer fazer uma segunda graduação em áreas que vejo, depois de ter pesquisado sobre o mercado, que estão pedindo engenheiros (mecânica e civil). Isso que vem na minha cabeça: pra que me tornar mais caro fazendo mestrado/pós/doutorado se o mercado quer estagiários ? Conseguindo equivalência de disciplinas, já posso entrar nessa segunda graduação restando 2 anos ou menos para me formar, ou seja, estarei apto a fazer grande parte dos estágios. O único problema que posso encontrar é realmente o fato de já ter 25 anos, pois vi que algumas Companhias colocam 24 como idade máxima para estágio (apesar de perante a lei existir apenas limite mínimo). Com relação às empresas que não colocam esse limite de idade nos pré-requisitos, também poderão me eliminar durante o processo por conta disso ?

        Muito obrigado, novamente, pelas palavras. Desculpe-me pelo grande número de perguntas,
        um abraço.

      • http://www.vidadetrainee.com Cintia

        Oi Mateus,

        As empresas contratam estagiários porque é bem mais barato mantê-los do que os funcionários efetivos, com todos os seus impostos e obrigações legais, não se trata apenas de formar um time “em casa”.

        O piso salarial do Engenheiro é muito alto, então realmente é difícil para um recém-formado ser contratado nessa posição. Por isso recomendei que você buscasse oportunidades como Assistente e Analista.

        A maioria das empresas possui algum limite de idade para estágio (que pode ser maior ou menor), independentemente de informar ou não. Na cultura brasileira, a adaptação de um estagiário de 40 anos seria muito difícil.

        Mas tudo o que estou falando é apenas a minha opinião. É importante que você reflita e converse com outras pessoas para que possa tomar uma decisão.

        Pode perguntar sempre que quiser.

        Abraços