Novidade!

Receba vagas no seu perfil por e-mail

Correspondente VT 007: Foco

27.10.2017 | em VTcast

título Correspondente VT digitado em máquina de escrever

Aperte o play para ouvir ou, para fazer o download, basta clicar na seta para baixo que está ao lado do título do episódio no player.

Acompanhe os podcasts do VT

 

Conheça o foco de atenção do Self 2 e tenha maior performance no seu dia a dia!

Você tem dificuldades de estabelecer prioridades nas suas tarefas e atividades no dia a dia? Participa de muitos projetos, tem estágio, trabalho voluntário, curso de inglês, namora e ainda faz faculdade? Se consegue manter a qualidade em todos esses pontos, parabéns!! Pois você faz parte de uma minoria…

Na realidade em que vivemos hoje, é muito difícil alguém não ter dificuldades em manter o foco e concentração em alguns momentos. Principalmente, se fizermos um uso excessivo das redes sociais. De acordo com o psicólogo e doutor pela Universidade de Harvard Daniel Goleman, só terá sucesso no século XXI quem conseguir manter o foco.

Segundo o americano Tim Gallwey, o precursor do coaching no Mundo, em seu livro The Inner Game, foco consiste em:

Prestar atenção enquanto você esteja fazendo qualquer coisa. É uma habilidade que pode ser praticada através de qualquer atividade.

Tim fala muito bem como o foco pode ajudar a aumentar nossa performance no dia a dia. Descreve inicialmente performance a partir do potencial, descontadas as interferências. Ele apresenta esse conceito de uma forma bastante prática, com a seguinte fórmula: Performance é igual a potencial menos interferências.

P = p – i, onde “P” é performance, “p” potencial e ´”i”, interferências.

Tim afirma que o nosso jogo interior ocorre o tempo todo, e ora desperta nosso potencial, ora o interrompe. Nas interferências, a voz interna que dá os comandos e gera os julgamentos é chamado de Self 1. Já o Self 2 é o próprio ser humano, livre de julgamentos, que inclui todas as nossas capacidades. Quanto mais reduzirmos a nossa auto interferência, maior será o nosso foco de atenção.

O foco do Self 2 não é alcançado somente pela autodisciplina. Arduamente tentando se concentrar, produz um foco forçado e restrito que é difícil e cansativo de ser mantido. Você precisa ter um desejo forte e verdadeiro por trás.

Desejo dirige o foco. Quando alguém está conectado com o seu próprio desejo, o foco do Self 2 ocorre naturalmente. O único aspecto sobre o qual temos poder de decisão é o de escolher quais desejos nutrir e quais desejos ignorar. Entretanto, quando os desejos não estão claros ou são conflitantes, a pessoa começa a sentir que é necessário “lutar” para permanecer focado.

Qual é a sua postura em processos seletivos de Trainee? foca em duas ou três empresas, que são aquelas que você realmente sonha em trabalhar, ou se candidata em todos os processos que aparecem, somente para colocar no currículo o cargo de Trainee? E ao mesmo tempo, você ainda sonha em abrir o próprio negócio ou até mesmo passar em um concurso público? Concorda comigo, que esses desejos não são compatíveis entre si e que, por isso, será difícil ter o foco do Self 2 nessa situação? Então, sugiro ter suas prioridades claras e tentar não ter pensamentos conflitantes, que o afaste dos seus sonhos.

Para saber mais sobre o tema, leia o livro: The Inner Game: A essência do jogo interior – W. Timothy Gallwey

Paulo Carvalho para o Vida de Trainee.

» Fundador da Academia de Jovens Talentos, Paulo Carvalho é Diretor de Jovens Talentos da ABRH-PE e Membro fundador da ICF – Capítulo PE. Possui certificações como Coach, Mentor e Analista de perfil comportamental. Experiência na área de RH em empresas multinacionais e nacionais. Autor do livro 8 passos para acertar na escolha da profissão – Editora Cia do Ebook. Associado da ABRH – PE e ICF.

 

O Correspondente VT é publicado semanalmente às quintas-feiras.

Posts relacionados

Mais recentes » « Mais antigos

Deixe seu feedback!